sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

POEMA ANA ISABEL


ANA ISABEL

Não se fecha numa Babel
A enternecedora mulher
A bonita poetisa Ana Isabel
Mora na cidade João Pessoa
Do mundo a segunda mais verde
Fundada no tempo de reino de Lisboa
Foi no século dezasseis
Tem muito de história, não foi à toa
A bela cidade de Estado do Paraíba
No pedaço mais oriental das Américas
É ali que Ana Isabel cativa
Romântica mostra-o em cada poema
Sensual elegante e bela
Na poesia reflecte-o fazendo como tema
Ana Isabel, a professora
Abordará os alunos suavemente,
Docemente como grande senhora
Sempre a elegância
De uma mulher romântica, sedutora
Quando ela se vagueia pela cidade
Que nunca perdeu o brilho de outrora
Pela cidade de João Pessoa
A mulher interessante atrai como uma aurora
Na sua beleza vai cintilante
Como uma pedra preciosa
Com um “glamour” de diamante

Daniel Costa

4 comentários:

  1. Amigo que linda homenagem, os seus poemas são sempre sublimes.
    Tenha um domingo maravilhoso.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  2. ♥Olá!
    Passei para rever seu espaço e desejar uma semana cheia de luz, paz e muita inspiração para novos poemas tão bonitos como o desse post...
    Boa semana!
    Bom domingo!
    Bj♥s
    Brasil ♥♥

    ResponderEliminar