domingo, 9 de janeiro de 2011

POEMA ODE À ALEGRIA


ODE À ALEGRIA

O que é a alegria?
Consiste em não sentir tristeza
Viver feliz todo o dia
Como se fora lauta sobremesa
Ter capacidade a cada momento
Sorrir sempre, sempre
O que parece sofrimento
Sanado assim mais pode parecer
Emoção de um feliz sentimento
Amar a vida é sorrir sempre
Que importa os que me invejam
Posso aconselhá-los a olhar de frente
Sorriam, lutem pelo que desejam
Se passam a invejar
Melhor fora sorrirem
Porque estão a estimular
Sejamos sempre alegres
Se pressentimos algo de mal
Serão momentos breves
Haverá capacidade de sofrimento
Para tornar os momentos leves
Vamos sorrir a todo o momento
É sempre hora de sorrir
Sofrimentos leva-os o vento
A vida é sorrir para todo o mundo
Este olha grato o intento
Semeamos brandura, ternura
Colhemos eterno alento
O mundo é de afectos
Sorriamos sempre
O sorriso não tem dialectos

Daniel Costa


Sem comentários:

Enviar um comentário