sábado, 15 de janeiro de 2011

POEMA EMOÇÕES


EMOÇÕES

Das mais variadas sensações
É composto o nosso mundo
Ocorrem muitas emoções
Afastemos tristezas, venham alegrias
Vivamos na sensação de aventura
Façamos uma festa de cada dia
Que o nosso trabalho não seja escolho
Antes atalho rumo à folia
Cultivemos fortes emoções
Pitadas de sana loucura
Arrais de sonhos e puras ilusões
Lutemos e amemos o semelhante
Lutemos, ajudemos a sanar tensões
Neste mundo louco
Onde reinam imensas confusões
Propositadamente criadas
A semear um mundo de emoções
Para muitos beneficiarem
Beneficiarem das confusões
Demonstremos firmeza
Com o calor das nossas emoções
Não aceitemos promessas
Dum mundo desvairado e de falsas ilusões
Apresentadas como airosas
A enganar multidões

Daniel Costa

2 comentários:

  1. Daniel,

    o mundo está cansado dos mitos e ilusões. O riso será tão pouco para tão poucos. o que vejo e sinto vai aquém de qualquer emoção.

    Um poema de esperança que só tu, para fazeres levantar o astral.

    bj

    ResponderEliminar
  2. Amigo hoje vim especialmente para repartir consigo um miminho que recebi e que quero partilhar, pois representa o “Prémio da amizade”. Não tem regras nenhumas, tem apenas todo o meu carinho, amizade e o meu sincero obrigado por fazer parte da minha vida. Está no meu cantinho Especial “SELINHOS – Presentes dos AMIGOS” (http://maria-selinhos-presentesdosamigos.blogspot.com/)
    Um maravilhoso Fim-de-semana
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar