quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

POEMA ESTENOGRAFIA


ESTENOGRAFIA

Não aconteceu fado
É um facto de vida
Vivi e tenho como dado
Tirei um curso de estenografia
Trabalhava e o liceu frequentava
Em longo dia
Viver apressado
Julgo saber fazer e então fazia
Como se a vida fosse apenas
Apenas fantasia
Não é invento, foi intento
Ter curso de estenografia
Apenas para testar
Utilizei numa reportagem que fazia
Deu certo, ultrapassada porém
Por nova tecnologia
Pelo gravador de som
Que entretanto aparecia
Na cidade estavam também a findar
Escolas de estenografia
A vida deverá ser mesmo
Vivida de sonhos e fantasia
Tudo é aprendizagem
Sem nos apercebermos
Aprendemos nesta viagem
Num pequeno bloco
Anotei toda a aragem
Porque a estudar estenografia fui feliz
Como se viajasse de carruagem

Daniel Costa

2 comentários:

  1. Bom dia, Daniel.
    Aprender é sempre muito bom.
    Linda foto.

    Bjos.

    ResponderEliminar
  2. *
    amigo
    também aprendi,
    o progresso trucida
    tudo o que aparece-lhe na frente !
    ,
    abraço,
    ,
    *

    ResponderEliminar