terça-feira, 7 de dezembro de 2010

POEMA LILI


LILI

Amor em África foi título
Forte amor por Angola
Pelo calor e cheiros outro capítulo
Lili uma mulher que fascina
Pelo que mostra de querer
De guardar interessantes recordações
As que motivam o saber
De seu apelido Laranjo
Vive e forma, tem alma apaixonada
Fé clubista usa-a em poesia como um anjo
É um gosto
Ver a Lili pelo mundo azougada
Na própria comunicação
Tem amores, ama e é amada
Para os lados do norte
Em sítios de formosura
Vem um vento às vezes quente, outras forte
Enriquece a sua alma de poetisa
Com esses ares do seu norte
Podemos ver a sua galhardia
Ao debruçarmo-nos no seu mundo
Meditando na sua poesia
A mulher Lili é feita dedicação
Ela, por si, poesia exala
Será um mundo de aplicação
A sua versatilidade
Convida, chama a nossa atenção

Daniel Costa


5 comentários:

  1. Olá Daniel,
    Bonito poema!
    E quem conhece a Lili sabe que é mesmo assim.
    A Lili é uma das poucas pessoas, que nestas minhas curtas andanças do virtual, da blogosfera, já passaram ao abraço real. Tive o prazer de a conhecer este Verão, ao fim de um dia de praia, foi recebida em sua casa com uma hospitalidade que jamais esquecerei!

    Bjs dos Alpes

    ResponderEliminar
  2. Oi, Daniel.

    Lili é mesmo uma pessoa incrível.
    Lendo os blogs dela, podemos sentir isso.

    Beijos.

    ResponderEliminar
  3. *
    conchinhas para a Lili,
    um abraço, para ti !
    ,
    *

    ResponderEliminar
  4. Daniel,

    Lili é poesia pura!

    Beijos com carinho .

    ResponderEliminar