segunda-feira, 25 de outubro de 2010

POESIA UM HOMEM SÓ


PRINCESA DE OLHOS

VERDES

Senhora de olhos verdes
Não é a Princesa de Avalon
É a de Abravezes
A Princesa tem uma tez bonita
Mancha de tristeza por vezes
O semblante de mulher bela
Esconde tristes singelezas
Atraem olhos verdes
Em conjunto com a rara beleza
Na princesa de Abravezes
A Princesa sofre
Sofre recolhida por vezes
Como mãe
De um bonito filho
Que o Céu, o éter detém
A bonita Princesa mãe vive aquele amor
O pensamento sempre paira no além
Por muito bonita que seja
Jamais esquece ser terna e eterna mãe
De um belo Príncipe
Como a Princesa é também

Daniel Costa

2 comentários:

  1. Ah, como me recordo deste lindo poema! És um artista, Daniel!

    A Rosa

    Há uma rosa em cada um de nós.
    Mas só as pessoas que têm os olhos que choram,
    vêem muito além das aparências.
    É preciso saber enxergar...

    Millena

    Muito obrigada!
    Beijos
    Tenhas um Bom Dia!

    ResponderEliminar