quarta-feira, 4 de agosto de 2010

POEMAS UM HOMEM SÓ


AMAR ALGUÉM

Amar o mundo
Com amor profundo
Este de rosa se inunda
E calor humano se funda
Despidos de ambições
Devíamos olhar o mundo
Sem devaneios ou condições

Amar alguém
Amor… amar mais além
Amor de gosto
Visto do posto
Onde se vislumbra ternura
Amar não será loucura
Antes um mundo de ventura

Sempre ganha a missão
Loucuras buriladas serão

Daniel Costa

2 comentários:

  1. Querido amigo,

    belíssimo! Amar sempre!

    (...)

    É urgente o amor.

    É urgente inventar alegria,
    multiplicar os beijos, as searas,
    é urgente descobrir rosas e rios
    e manhãs claras.

    Eugénio de Andrade


    Carinhoso beijo, Daniel.

    ResponderEliminar