domingo, 15 de agosto de 2010

POEMAS UM HOMEM SÓ


VERÓNICA

O Rio de Janeiro
Tendo calor humano
Tem também um famoso Outeiro
Mais a poetisa Verónica
Bela de olhar prazenteiro
Questionei-me um dia
Sobre a Rádio Graça
Que de Lisboa transmitia
Da Rua da Verónica
Onde ficaria?
Perto da velha Alfama
Para lá da Mouraria
Tal como a rádio
Comunicava e transmitia
A Verónica pensamentos emite
Na sua belíssima poesia
Gosta-se da elegante Verónica
Conheceremos a que do seu livro foi guia
Verónica mãe
Mulher forte segundo a sua poesia
Por ser forte, não deixa de ser bonita
É como uma flor
Quem a conhece dela gosta, tem dita
De ser amigo afinal
De uma poetisa elegante e bonita

Daniel Costa


2 comentários:

  1. Querido amigo Daniel,

    Verônica, A Menina do Rio, é forte, bonita, talentosa e um doce de pessoa!


    Carinhoso beijo, amigo.

    ResponderEliminar
  2. *
    a Verónica
    tem aroma a Poesia !
    ,
    abraço,
    ,
    *

    ResponderEliminar