sexta-feira, 24 de setembro de 2010

POEMAS UM HOMEM SÓ


MULHER AMOR

A principio com Pudor
Sabendo que és minha
Mulher meu amor
Na intimidade
Acabo por ficar mais senhor
Olho com infinita paixão
Infinito ardor
Mulher coração
O aveludado dos teus seios
Hipnotizam meus dedos
Que fremem de fervor e anseios
Apalpado o teu aveludado corpo
Ziguezagueando sem rodeios
De repente
Com pequenos gemidos
Entras em êxtase
Parecem ter despertado os sentidos
Perdes então também o pudor
Entregas-te num desejado
Impulso de ardor
Ah!...
Mulher de puro amor
Como desejamos, mulher
Estes beijos com sabor
Como que a infinitas maresias
Como é gostoso o nosso amor
Feito de melosas sinfonias

Daniel Costa

1 comentário:

  1. Daniel, amor é vida! Lindo poema querido amigo.

    Beijos com carinho.

    ResponderEliminar